Pular para o conteúdo principal

Postagens

Destaques

Por quê que a gente é assim?

Pelo segundo ano consecutivo, meu marido foi viajar com os amigos para surfar. Embora eu tenha total noção de que é preciso respeitar a individualidade de cada um, de que precisamos dedicar um tempo só com os amigos e blablablá, essa viagem me causou um certo desconforto.

A ideia dele sentir vontade de se divertir sem mim, o grupo criado com os amigos no whatsapp um mês antes da viagem, tudo aquilo foi me causando uma mistura de incômodo e tristeza. Foi aí então que eu procurei me acalmar e me observar.

Egoísta, ele? O Marcelo é uma das pessoas mais altruístas que eu conheço. Individualista? Como, se ele (quase) sempre faz tudo o que eu peço? Comecei a perceber que a raiva que eu sentia era por não ter a mesma vontade de sair de férias sem ele. E esse não é um problema dele, mas meu.

No dia em que ele embarcou, saiu de casa de madrugada e eu nem levantei para me despedir. Assim que chegou no destino, começou a me mandar mensagens contando quase o passo a passo do primeiro dia. Eu só …

Últimas postagens

Pelo direito de ser feliz

Já deu

Que bom que eu nasci aqui!

O Homem Lúcido

Às quintas, no Posto 8

É que eu tenho que manter a minha fama de mau

Sobre projetos paralelos

Jabá

Love is a losing game